terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Vivenda do Camarão



Ontem estive com minha família (leia-se: Ale e Gabi) no shopping Flamboyant para fazer as últimas comprinhas de Natal... E é claro fomos comer! Optamos pela Vivenda do Camarão. O espaço é bem decorado e aconchegante, embora muito pequeno e com apenas uma garçonete, as demais atendentes ficam no balcão.


Eu pedi um Penne ao Molho de Camarão aos 4 Queijos. A Gabi escolheu um Estrogonofe de Camarão, acompanhado de arroz branco e batata soutê. O Ale optou por Camarão ao Catupiry, acompanhado de arroz com brócolis e batata soutê.
Experimentei um pouco de cada. Aí vão as considerações.
O PEDIDO: feito às 21h05
ENTREGA DOS PRATOS: às 21h37
TEMPO DE ESPERA: 32 minutos


Penne ao Molho de Camarão aos 4 Queijos
Vivenda do Camarão
Goiânia (GO)

A massa que pedi estava com cozimento ao dente. No ponto certo. O molho de 4 queijos estava saboroso, no entanto não notei a presença do queijo gorgonzola, que passou longe... Acho também que o molho poderia ser um pouco mais encorpado, para aderir melhor à massa. Os camarões eram pequenos, mas estavam bem cozidos (não ficaram borrachudos). Detalhe: na foto do cardápio há um pouco mais de camarão do que o prato servido aos clientes. Eles dão um pacotinho de queijo parmesão ralado para acompanhar a massa. A porção serve bem um adulto e eu não consegui comer tudo. Paguei pelo prato R$ 15,90. Se fosse feito em casa, economizaria a metade e o molho ainda teria gorgonzola.
COZIMENTO DA MASSA: 10,0
MOLHO: 7,0
APRESENTAÇÃO DO PRATO: 10,0





Estrogonofe de Camarão, acompanhado de arroz branco e batata soutê.
As batatas foram cozidas com pouco sal e apenas jogaram uma salsinha por cima. Eu acertaria o sal e daria um susto nas batatas em uma porção de manteiga de leite. Custou R$ 14,90.


Camarão ao Catupiry, acompanhado de arroz com brócolis e batata soutê.
As batatas também sem sal... E o arroz estava gostoso, bem verdinho, mas faltou os pedacinhos de brócolis... Custou R$ 14,90.

Ah! O pagamento em cartão de débito ou crédito tem de ser realizado no balcão... E você acaba entrando em uma fila...

Um comentário:

João Camargo Neto disse...

Flavinha, ainda assim, amo comer lá. Como escrevi no meu blog, tenho a certeza de que os camarões são de água salgada, o que não ocorre em todos os restaurantes de Goiânia.